quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Um trecho perdido de LFA II


- Você quer o que Ashley? Matá-la? - Perguntei sério. – Quer matar sua filha, já não basta ter dito a ela que a preferia morta, agora quer fazê-lo também? Não acredito que fez isso a ela, não acredito. – Virei às costas e sai de perto dela.
- Não foi de propósito Allan…
- Olha Ashley você só destrói a vida dela. – Me virei para olhá-la. – Você a fez entrar em depressão, ela se cortava por sua culpa, ela bebia por sua culpa, você é mãe dela suas palavras a afetam, você disse que ela estava gorda, pois bem agora olha pra ela e vê te ter orgulho do que você esta fazendo com a sua filha, ela não é uma boneca que não sente Ashley, ela é um ser humano que acima de tudo quer agradar a mãe de certa forma, quer ter a aprovação dela, e você só faz merda, não sabe olhar pra ela e dizer que esta bonita, só abre a boca pra apontar os defeitos dela, não sei se lembra, mas ela foi jurada de morte e em que momento você esteve do lado dela? Em que momento? Você nem a olha nos olhos quando fala com ela. Ela pode passar messes fora de casa e você nem ao menos se levanta para lhe abraçar quando passa da porta. E agora quer o que? Olhar pra ela e dizer eu sinto muito? Sinto lhe informar Ashley, mas isso não vai resolver o caso dela. Ela esta em uma cama e por sua causa. – Me virei de costas mais uma vez e sai dali antes que eu resolvesse dar um jeito naquilo que deu vida a mulher que eu ia me casar.

PS da tia Keller: Pensando ainda se essa parte vai fazer parte da historia ‘-‘


Nenhum comentário:

Postar um comentário